Bogotá, a capital da Colômbia!

June 21, 2018

 

AMÉRICA DO SUL - COLÔMBIA

América do Sul | Colômbia | Bogotá | Zipaquirá  

  

"Colômbia es pasión." Nesse post vamos explorar Bogotá, a capital da Colômbia, país que vem sendo cada dia mais visitado por brasileiros, dado a distância e preço acessíveis. Encontre aqui um guia completo para uma viagem a Bogotá com ótimo custo benefício, e sem perrengue!! Dicas/sugestões de como chegar, onde ficar, passeios imperdíveis, melhores restaurantes (e preparem-se que há uma área só de restaurantes MUITO bacanas!), clima e melhor época para visitar, câmbio, que roupas levar e muito mais...!

 

Abaixo os temas que vou contar nesse post:

🔍    **| SOBRE O LUGAR |**   

✈️    **| COMO CHEGAR / SE LOCOMOVER |**

☁️    **| CLIMA - MELHOR ÉPOCA |**

📝    **| INFORMAÇÕES BÁSICAS |**

🛁    **| ONDE SE HOSPEDAR |**

🍴    **| ONDE COMER E BEBER |**

🚲    **| O QUE FAZER |** 

👗    **| O QUE VESTIR |** 

 

✏︎ Vai a Colômbia? Leia aqui todas as dicas da San Andres, o caribe próximo ao Brasil!

 

🔍    **| SOBRE O LUGAR |**  

 

Bogotá, capital da Colômbia é com certeza uma cidade encantadora e cheia de vida! Sabemos, como hermanos latinos que somos, que a Colômbia está longe de ser um país de primeiro mundo, mas confesso que me encantei com as ruas super limpas e arborizadas, com a acessibilidade do transporte público e com as pessoas extremamente queridas (tivemos alguns anjos da guarda ali que nos ajudaram MUITO!).

A capital fica bem ao centro da Colômbia e é a maior cidade do país, com aproximadamente 7,5 milhões de habitantes (4ª cidade mais populosa da América do Sul). Bogotá está a 2.640 metros de altitude, então e é super normal sentir aquele cansaço ao andar poucos metros, e as vezes dor de cabeça e tontura. Por isso, ande devagar e tome muuuita água! 

Prepare-se para uma cidade cheia de atrações turísticas e gastronômicas. Inclusive, Bogotá é super famosa no meio gastronômico ao redor do mundo com seus restaurantes premiados e estrelados.

 

Bogotá é uma cidade gigante, um centro urbano como quase toda capital latino-americana. Portanto, tome sempre cuidado com seus pertences e objetos de valor, pois há muitas pessoas andando nas ruas. Não diria que Bogotá é perigosa, pois em todos os locais turísticos que visitamos vimos polícia nas ruas, o que me fez sentir mais segura, mas ainda assim não vale arriscar.

 

 Mapa Bogotá | Foto: GoogleMaps

 

Além disso, o mais importante é saber que a cidade é super organizada! Suas ruas são numeradas estilo NYC, então é bem fácil olhar um mapa e entender onde estão os principais pontos turísticos. O lugar é dividido em algumas zonas, que são super características:

 

Zona G

É a Zona Gastronômica, onde localizam-se os restaurantes mais bacanas e premiados da cidade. Vale super a pena conhecer essa zona e desfrutar da alta gastronomia da cidade, que faz jus a fama! 

Essa Zona fica entre a Zona T e o Centro Histórico. 

 

Zona T | Zona Rosa

A Zona T é a zona do agito! É onde encontram-se os melhores barzinhos, baladas, shoppings e lojas bacanas de rua. Ela é formada por basicamente duas ruas, exclusivas para pedestres que formam o desenho de um T. 

A Zona Rosa é colada na zona T, e tem o mesmo mood agitado! 

Nessas Zonas é onde tudo acontece! Inclusive, é onde fica localizado o famoso restaurante Andres Carne de Res! 

 

Parque de La 93

Os arredores do Parque 93 é para quem gosta de um lugar mais calmo, mas com bares, restaurantes, lojas bacanas nos arredores. É um bairro mega seguro para um passeio a qualquer hora do dia, e de quebra próximo ao Parque, que é uma delícia. 

O único ponto negativo é que fica um pouvo afastado do centro, região dos pontos turísticos - algo como 25min de carro. 

Está a 10 min da Zona T de badalação e 15min da Zona G e seus restaurantes bacanas. 

 

Centro

É onde encontram-se a maioria dos pontos turísticos, mas não aconselho se hospedar por ali, pois como quase todos os centros das grandes cidades é mais perigoso que os bairros.

A Praça Bolívar é o ponto mais central para começar a conhecer os principais pontos turísticos da cidade. 

 

 Mapa das Zonas | Foto: GoogleMaps

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 

✈️    **| COMO CHEGAR / SE LOCOMOVER |**

 

Uma das facilidades da Colômbia é sua distância, e vôos diretos saindo do Brasil. Saindo de São Paulo, por exemplo é possível chegar em 6 horas em Bogotá! ✈︎

As empresas que possuem vôos diretos para o Aeroporto Internacional de Bogotá (BOG) são:

 

Avianca: Geralmente tem mais vôos saindo por dia - 3 a 4 vôos.

 

Latam: Possui geralmente 1 ou 2 vôos saindo por dia.

Aeroporto Bogotá | Foto: Google

 

A maneira mais fácil de se locomover em Bogotá é usando táxi ou uber. Entretanto, prefira sempre chamar pelos aplicativos. Os táxis de rua não são muito confiáveis, geralmente eles tentam pegar uma graninha a mais nas corridas, portanto, se optar por pegar um táxi comum na rua negocie muito bem o preço para não ter surpresas. 

Há também a opção de alugar carro (RentalCars), e dependendo da quantidade de dias que for ficar, até vale a pena! Só não esqueça que como toda cidade grande há um beeelo trânsito, e como férias queremos descansar, curtir e evitar desgaste, acho mais cômodo andar de táxi ou uber mesmo.

Inclusive, programem bem o horário de ida para o aeroporto, e considerem bastante trânsito. Nós quase perdemos o vôo considerando 1h30 de folga além da antecedência pedida pela cia aérea. 

 

O transporte público em Bogotá que faz o trajeto turístico é ótimo! A rede de ônibus chama-se Transmilenio e funciona super bem, com corredores exclusivos.

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 


☁️    **| CLIMA - MELHOR ÉPOCA |**

 

A Colômbia tem duas estações climáticas bem definidas: inverno é úmido e o verão é seco. Em Bogotá as temperaturas não variam muito durante o ano - a média é de 15ºC, sendo mais quente próximo ao meio dia e esfriando bastante no final do dia, podendo ficar abaixo de 10ºC.

O período mais quente vai de Março a Maio, e o mês mais frio costuma ser Dezembro.

As chuvas são bem distribuídas ao longo do ano em Bogotá - chove quase todos os meses, mas nada suficiente para atrapalhar uma viagem. Se puder evitar os meses de Abril, Maio, Outubro e Novembro são os meses em que as chuvas são mais recorrentes.

 

Sendo assim, a melhor época para viajar a Bogotá é de Junho a Agosto, ou Dezembro a Março.

 

 

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

📝    **| INFORMAÇÕES BÁSICAS |**

 

↠ Moeda: Pesos Colombianos (COP) é a moeda oficial.

A moeda colombiana é daquelas com muuuitos zeros, mas a conversão é simples (não exata). Eu sempre pensava 1.000 pesos = R$1 real.

Minha recomendação é trocar dinheiro no próprio aeroporto, nos guichês FORA do desembarque. Acredite, muda o valor, e vale bem mais a pena trocar o dinheiro na saída do aeroporto!

 

↠ Visto e Passaporte

Brasileiros não precisam de visto para entrar na Colômbia, só é necessário ter passaporte válido e passagem de ida e volta comprada.

 

↠ Vacina 

É obrigatório ter vacina de febre amarela para entrar no país. Lembrando que agora a vacina é tomada em uma dose única e tem duração pra vida toda.

 

↠ Fuso Horário

3 horas antes de Brasília

 

↠ Idioma

Espanhol. 

 

↠ Tomada

110V - Tipo B 

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 

🛁    **| ONDE SE HOSPEDAR |**

 

Como eu disse acima, cada Zona determina muito a região, e elas são bem distintas entre si. Então, se quiser uma Zona mais gastronômica, sugiro se hospedar na Zona G, se quiser uma Zona mais agitada, das baladas, a melhor opção é a Zona T ou Zona Rosa. E se a procura é por um lugar mais calmo, mas com lugares bacanas para comer e visitar e um parque para curtir, com certeza sua escolha deveria ser o Parque de La 93. 

 

Breton Hill Parque 93  (Opção com Ótimo Custo Benefício)

 

Ficamos em um hotel que foi um ACHADO. Optamos por nos hospedarmos próximo ao Parque de La 93 por conta da proximidade as Zonas G e T, e por ser mais calmo.

O Breton Hill Parque 93 é um hotel boutique que fica dentro de um edifício de tijolinhos, a apenas 5 minutos do parque. Os quartos são super aconchegantes, com uma cama muito gostosa. O café da manhã é estilo americano e servido na cama - há algumas opções entre ovos, frutas, sucos, chás e cafés.

 

Eu adorei a região, por ser calma, porém próxima ao agito - o famoso restaurante Andres Carne de Res fica a apenas 10 minutos dali.

 

Hotel Breton 93 - Um super achado! | Foto: Booking

 

 

NH Royal La Boheme (Opção Mais Cara)

 

Esse hotel é uma opção para quem quiser ficar na Zona do agito - Zona T (ou Zona Rosa). Os quartos são super elegantes e modernos. O hotel recebe algumas empresas em convenções, por isso tem uma estrutura super bacana preparada 24horas por dia.

O bar e o restaurante ficam abertos para o café da manhã e jantar. 

 

O hotel fica a 16km do aeroporto internacional El Dorado, e bem pertinho da estação rodoviária Transmilênio.

Não tivemos a oportunidade de ficar nesse hotel, mas ele era uma das nossas opções, e quero com certeza voltar para me hospedar ali.

 

NH Royal la Boheme  | Foto: Booking

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

🍴    **| ONDE COMER E BEBER |**

 

Bogotá tem diversas opções de restaurantes, dos mais simples, aos mais decolados, aos super luxuosos. Vou dar algumas dicas aqui que acho que realmente valem a pena a visita, mas existem diversos outros para visitar - para os foodies de plantão.

 

- Andrés D. C

Endereço: Calle 82 No 12-21 | Zona Rosa, Bogotá 110851, Colômbia+57 1 8637880

Esse restaurante é definitivamente um MUST GO. Não há como visitar Bogotá e não fazer uma parada no Andres D.C. Ele é famoso não apenas pela deliciosa comida, mas pelo ambiente em si. Nunca vi um restaurante tão diferente, com tantas misturas, tanta energia.

Assim que entrei nesse restaurante tudo que eu conseguia pensar era: "Queria MUITO eu ter tido essa idéia e ser dona desse lugar!".

Ele está na lista dos pontos turísticos de Bogotá, e vale muito não apenas pela balada em si - que fica agitada de quinta-feira a domingo-, mas também pela comida. As carnes, obviamente, são deliciosas e valem a pedida!

Os drinks são super gostosos e criativos. Há de todos os tipos. Aproveite o menu de 40 (sim, 40!) páginas!

 

Minha dica é: chegue cedo, pois o lugar LOTA, todos os dias!

 

Andres Carne de Res | Foto: Vanessa Doti

 

- Andres Carne de Res (Chia)

 Endereço: Hogar Encendido | Chía | Calle 3 n° 11A - 56

Ambos restaurantes tem o mesmo conceito, e sinceramente, recomendo ir nos dois. O Andres Carne de Res foi o que deu origem aos outros. Ele nasceu na cidade de Chiá, que fica a aproximadamente 50km de Bogotá, e tem espaço suficiente para atender 2mil pessoas. E sim, ele também LOTA pode acreditar!

Vale a pena chegar cedo para jantar, e depois curtir a balada, ou como dizem os colombianos, curtir a rumba! O lugar é uma doidera sem tamanho!

 

Minha sugestão é fechar com um táxi ou uber e combinar um valor para levar e buscar. Não tente ir de carro e beber, pois as leis da Colômbia para motoristas alcoolizados são super severas. O trajeto dará ~R$120/ ida e volta - vale mais do que pagar as multas colombianas. Confia!

 

Andres Carne de Res Chia | Foto: Vanessa Doti

 

 

- Juan Valdez Café

Endereço: Calle 70 # 6-09 | Zona G, Bogotá 11001000, Colômbia+57 1 800 0517711

O Juan Valdez é o café mais famoso da Colômbia. É tipo o Starbucks lá, só que com um estilo mais descolado.

Vale a pena tomar um café da manhã e provar os deliciosos pães e doces do lugar, provando obviamente o café. Eles são tão famosos pelo café, que em qualquer duty free ou loja bacana de produtos alimentícios você pode encontrar os cafés para vender.

 

Existem diversos Juan Valdez Cafés espalhados pela Colômbia, e valem a visita. Minha sugestão é o da Zona G, que é enoorme!

Juan Valdez Café | Foto: TripAdvisor

 

 

- Casa San Isidro

Endereço: Cerro de Monserrate | Carrera 2 Este No. 21-48 Paseo Bolívar, Bogotá, Colômbia57572819309

O Casa San Isidro fica localizado no alto do Cerro de Monserrate, e além de super aconchegante, bem ao estilo colonial,  tem uma vista panorâmica incrível da cidade de Bogotá. Ele é ideal para almoçar ou jantar vendo o sol cair pela janela, e se aquecendo na lareira. Peça uma mesa próxima ao vidro para garantir um jantar com a vista linda.

O restaurante ficou super famoso pelas suas temporadas gastronômicas. Isso significa que o Menu altera de acordo com a época do ano, tendo temporada de peixes, menu francês, lagosta e carnes e etc...

Os pratos tem um bom custo benefício, e variam os valores, dos mais baratos aos mais caros e refinados. 

Casa San Isidro | Foto: Vanessa Doti

 

 

- Santa Clara Café - Cerro Monserrate

Endereço: Paseo Bolivar estacion funicular Cerro de Monserrate | Estacion Funicular Cerro De Monserrate

Uma das nossas melhores descobertas no Cerro de Monserrate. Esse restaurante tem descendo as escadas uma área de café, com doces DELICIOSOS e cafés e chocolates quentes.

Assistimos o pôr do sol dali e foi sensacional! QUE vista linda, e que delícia de lugar. Como o Cerro é super alto, faz bastante frio com o cair do sol, então vale a pena comer uma gordice acompanhada de algo quentinho para beber, e só desfrutar o momento.

Santa Clara Café | Foto: Vanessa Doti

 

- Bogotá Beer Company

Endereço: a 57-99, Cra. 7 #5795, Bogotá, Colômbia

A Bogotá Beer Company, mais conhecida como BBC é um definitivamente um MUST GO na lista. Como eles mesmos se auto-denominam: “La cervecería pequeña más grande de Bogotá”. São diversos pubs espalhados entre todas as zonas, todos com o mesmo estilo e decoração. Os barzinho tem um abiente super agradável, com diversos estilos de cerveja e sugestões de aperitivos que harmonizam com aquela cerveja. Vale muito a pena para uma paradinha ao final do dia.

Bogotá Beer Company| Foto: TripAdvisor

 

- La Puerta Falsa

Endereço: Cl. 11 #6-50, Bogotá, Colômbia

Esse é um dos restaurantes mais antigos de Bogotá. O La Puerta Falsa está na mesma família a mais de 6 gerações, e continua com um menu restrito, mas bem gostoso e caprichado. O lugar é super pequeno, com uma arquitetura típica do bairro da Candelaria, que remete muito aos tempos passados. Ali se mantêm tradição com algumas das melhores receitas colombianas ali. Ideal para uma parada para um lanchinho da tarde. 

La Puerta Falsa | Foto: Booking

 

- El Cielo

Endereço: Calle 70 #4 - 47, Bogotá, Colômbia+57 1 7035585 (Zona G)

Localizado na Zona G, esse restaurante é para aqueles que querem viver uma experiência gastronômica. 

O menu tem duas opções o "the experience"e o "the visitor". Ambos são super completos com mais de 10 pratos para degustar as delícias do Chef Manuel Barriento.

Infelizmente não conseguimos ir nesse restaurante, mas é um restaurante super premiado e em 2013 entrou para a lista dos 50 melhores restaurantes da América Latina.

 

Todas as experiências são voltadas para trazer os 5 sentidos a tona com os pratos e combinações mais inusitadas.

Não é nada barato, mas é super recomendado e uma atração a parte!

El Cielo | Foto: TripAdvisor

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

🚲    **| O QUE FAZER |**

 

Ficamos um fim de semana em Bogotá, e foi super bacana, pois estavamos indo em direção a San Andrés e aproveitamos a escala para dar uma esticada. Foi super bacana e conseguimos ver bastante coisa, no modo super bem planejado e rapidex. É uma cidade grande, então para os que querem desfrutar mais da gastronomia, passear pelas ruas com calma e apreciar o centro e as arquiteturas com tempo recomendo ficar mais alguns diazinhos. 

Tem muita coisa legal para fazer e conhecer em Bogotá. Vou colocar aqui abaixo nossa experiência e o que vimos de mais bacana:

 

 Cerro Monserrate

 

Um dos pontos mais bacanas e altos da cidade de Bogotá, o Cerro de Monserrate está a 3.125 metros de altura. Além de ter uma vista incrível de toda a cidade é possível visitar o Santuário, almoçar ou jantar no restaurante Casa San Isidro, ou tomar um café com uma vista privilegiada no Casa Santa Clara.

Há três formas de subir o Cerro: de teleférico (a mais bacana), de funicular (são tipo trenzinhos), ou a pé (acho muito desgastante, ainda mais considerando a altitude!!).

Minha recomendação é subir o Cerro de teleférico as 16h, para ter a vista da cidade durante o dia. Uma vez lá em cima, aproveite para desfrutar da vista e conhecer o Santuário.

O ponto alto da minha dica é aproveitar o pôr do sol lá em cima, que pode ser observado tomando um café no Santa Clara, ou comendo algo no San Isidro. Ambos com vistas pra lá de lindas! Dessa forma, você terá uma vista privilegiada da cidade de Bogotá com sol, e também com as infinitas luzes da cidade ao anoitecer!

 

Horários: Abre todos os dias, das 7h as 5h30 para subida. É permitido ficar lá em cima até 00:00!

Entrada: Seg a Sáb: 19mil pesos (R$~19reais) ida e volta ou 9,5mil pesos (~R$10 reais)  apenas um trajeto de teleférico.

Domingo é mais barato: 11mil pesos (~R$11 reais) ida e volta ou 5,5mil (~R$6 reais) pesos apenas um trajeto.

 

Cerro Monserrate | Foto: Vanessa Doti

 

 Catedral de Sal

 

A Catedral de Sal, na minha opinião é o mais sensacional e ponto alto dessa viagem! Não é a toa que é considerada a 1º maravilha da Colômbia! 

É surreal ver o tamanho da mina de sal e fazer o trajeto dos mineradores, chegando a mais de 180m de profundidade!!! Todas as visitas são feitas com guias e em grupos, o que é super bacana pois ele vai explicando tudo do lugar e da "ruta del minero".

No final da rota há um vídeo bem legal que explica de forma bem didática a história, e um 3D de jogo de luzes (que confesso não ter entendido o por quê dele estar ali).

Dica: Há diversas mini lojinhas no final da expedição que vendem esmeraldas, retiradas da própria mineradora. Há anéis, brincos, pingentes e pulseiras. Vale MUITO a pena comprar ali, pois todas são certificadas, lindas e BEM mais baratas. Portanto, não esqueça de levar um $$ extra - pode ser em dólar.

 

A Catedral fica localizada em uma cidadezinha próxima de Bogotá (50km de distância), chamada Zipaquirá. 

Para chegar lá há três formas:

- Carro: Caso esteja com carro alugado é a melhor opção, caso contrário, os táxis cobram 350mil pesos colombianos (aprox. 350 reais) para levar, esperar 2/3 horas de tour e voltar a Bogotá. 

 

- Ônibus: É MUITO simples chegar de ônibus a Catedral, e também é a maneira mais barata (mas um pouquinho mais demorada)! Basta pegar o ônibus do sistema rápido de transporte, que chama Transmille, são os ônibus vermelhos com corredor especial e custam em torno de $2.200 COP (~R$2,20 reais), e entrar em qualquer um que diga TERMINAL NORTE. Chegando no Terminal, basta sair pela catraca, atravessar a passarela a direita e já avistará o terminal rodoviário. Lá é só ir até o guichê e comprar suas passagem para Zipaquirá na Cia Expresso Gómez Villa. Os ônibus saem de 10 em 10 min aproximadamente, e custam $5.000 COP (~R$5 reais) e a viagem dura em torno de 1 hora.

Os ônibus param no centro de Zipaquirá, e para chegar a Catedral de Sal é uma RETA que dura aproximadamente 20 minutos a pé. É super bem sinalizado, difícil de se perder.

 

- Trem: O trem de La Sabana vai de Bogotá a Zipaquirá e é o único trem de passageiros da Colômbia que funciona como meio turístico - tipo aquelas maria-fumaças que encontramos no Brasil. Como o transporte é uma atração turística a parte, os valores não são baixos, e giram em torno de $55.000 COP (~R$60,00), mas vale a pena pois o trem é uma graça e há inclusive músicos tocando dentro dos vagões.

A viagem dura em torno de 2h50min (sim, mais demorado!) e existe apenas um horário de ida, às 8h15 e um horário de volta às 12h35. Na volta, o trem ainda passa na cidade de Cajicá e fica por 2h00 ali. A chegada em Bogotá acontece às 17h30.

Importante: o trem funciona apenas aos sábados, domingos e feriados, portanto, caso queira ir de trem, programe-se para ir no fim de semana e com tempo para conhecer bastante coisa, pois só essa viagem consumirá um dia inteiro.

 

Horários: Abre todos os dias, das 9h as 17h30!

Entrada: Tarifa básica: $23mil pesos (R$~23reais).

Catedral de Sal| Foto: Vanessa Doti

 

 

 Centro Histórico

 

O centro histórico de Bogotá é uma atração a parte, que merece ser visitado. Também conhecido como La Candelaria, o lugar é lindo, com arquiteturas fascinantes e super bem conservadas. Lá é possível visitar alguns dos pontos turísticos mais famosos de Bogotá.

Minha recomendação é começar pela Plaza Símon Bolivar,  que concentra alguns dos edifícios mais importantes da capital boliviana como Catedral Primada de Colômbia, Palácio da Justiça, Capitólio Nacional e o Palácio Lievano, que é atualmente a sede da prefeitura de bogotá.

 

Dá para fazer todo esse tour sozinho ou com um walking tour, que é sempre bacana para conhecer mais a fundo a história do lugar. Ali mesmo nos arredores há várias pessoas oferecendo os walking tours em espanhol e inglês.

La Candelaria | Foto: Vanessa Doti

 

 Museo Botero

 

Ao lado da catedral, há uma ruazinha (Calle 11). Basta seguir essa rua que chegará ao famoso Museo Botero. Lá há uma imensa coleção de obras primas, por volta de 120, sendo a maior parte doadas pelo próprio artista, Fernando Botero, e mais diversas obras de outros artistas de todo o mundo, como Dalí, Matisse e Miró. 

O museu fica aberto até as 18h, e de sábado até as 19h.

Seguindo a rua você vai encontrar ainda um Café Juan Valedez. Vale a paradinha para um café e um descanso depois do bate perna.

Museo Botero | Foto: TripAdvisor

 

 Tour do Grafitti (La Candelaria)

 

Ainda no centro de Bogotá é possível fazer um passeio super bacana e ainda pouco conhecido: o tour de graffiti. Para quem não sabe, Bogotá é a cidade do grafitti, e o governo legalizou o movimento em toda a cidade, que hoje tem seus espaços cheios de desenhos lindos e coloridos. Realmente impressionante!

La Candelaria - Tour do Grafitti | Foto: TripAdvisor

 

 Museo del Oro

 

Ainda no centro de Bogotá, há o famoso Museo del Oro, que fica no Parque Santander. Lá é possível conhecer a história do ouro e outros metais no detalhe e vislumbrar diversas peças feitas em ouro. O museu é super bem estruturado, e conta com um áudio tour para os que quiserem entender a história melhor.

Museo Del Oro | Foto: Vanessa Doti

 

 Obleas Delícias

 

Para mim entra em ponto turístico pois não pode faltar em meio a uma visita no centro é obrigatório provar ali em meio as ruazinhas do centro as famosas obleas colombianas. As colombianas montam seus carrinhos em todos os arredores, e preparam na hora a oblea, que são dois discos finos de waffle com recheio a sua escolha. Há opção de nutella, geleia de frutas vermelhas, queijo e o conhecido doce de leite colombiano.

É surreal de gostoso. Vale a pena as calorias a mais! :)

Obleas | Foto: Vanessa Doti

 

 

👗    **| O QUE VESTIR |**

 

O clima em Bogotá é muito doido. Geralmente amanhece bem frio, com uns 7 a 10ºC graus no máximo e vai esquentando durante o dia. A tarde, por volta das 12h parece verão e o calor chega a 25ºC, e a temperatura cai novamente lá pelas 19h, chegando as mesmas temperaturas da manhã.

 

Leve roupas leves, como camisetinhas de manga curta, e casacos bem quentinhos! Vale levar na mochila um cachecol (principalmente para o Cerro de Monserrate - faz muuuito frio lá em cima no final do dia!).

Para sair a noite, recomendo um vestidinho com meia calça, para não morrer de frio na rua, e não se matar de calor dentro dos restaurantes/bares e etc.


⇞ Voltar para o começo do post

 

 

Obrigada pela visita, e espero que as dicas ajudem! ☺︎ ✌︎

Beijos, Doti
 

*Acompanhe as dicas de viagem também pelo instagram @dicasdadoti

 

 

 

 

 

 

 

..........

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

Chapada dos Guimarães, parque nacional e as cachoeiras esverdeadas.

May 5, 2019

Chapada dos Veadeiros e todo seu misticismo.

April 24, 2019

1/7
Please reload

  • White Facebook Icon
California
IMG_7657
IMG_7656

DICAS DA DOTI é um blog recheado de dicas e experiências de viagens com ótimo custo benefício e sem passar perrengue. Publicitária de profissão e viajante nas horas vagas (em todas as horas vagas, diga-se de passagem), VANESSA DOTI é quem compartilha todo seu amor e melhores dicas de viagem com os leitores, através de roteiros leves e super completos. 

 

Read More

 

Dicas da Doti |  www.dicasdadoti.com.br |  contato@dicasdadoti.com.br |  @dicasdadoti

© 2018 Dicas da Doti - Todos os direitos reservados. Conteúdo protegido por direitos autorais. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização da autora.