Atacama, uma volta pelo deserto mais árido do mundo!

January 11, 2018

AMÉRICA DO SUL - ATACAMA

 

 

América do Sul | Chile | Atacama | San Pedro de Atacama | Santiago 

  

Um post recheado de dicas do deserto mais árido do mundo: Atacama, no Chile. Encontre aqui um guia completo para uma viagem com ótimo custo benefício, e sem perrengue!! Dicas/sugestões de como chegar, onde ficar, passeios imperdíveis, melhores restaurantes, melhor época para visitar, câmbio, que roupas levar e muito mais...!

 

🔍    **| SOBRE O LUGAR |**

✈️    **| COMO CHEGAR / SE LOCOMOVER |**

☁️    **| CLIMA - MELHOR ÉPOCA |**

📝    **| INFORMAÇÕES BÁSICAS |**

🛁    **| ONDE SE HOSPEDAR |**

🍴    **| ONDE COMER E BEBER |**

🚲    **| O QUE FAZER |** 

👗    **| O QUE VESTIR |** 

🔍    **| SOBRE O LUGAR |**

 

Atacama com certeza virou um dos meus queridinhos e conquistou meu coração por completo! E não é nem um pouco difícil de entender o por quê. O deserto mais árido do mundo mistura as paisagens mais surreais e inesperadas, com montanhas, vales, neve, salares, lagoas azuis e muito mais. As paisagens são literalmente de tirar o fôlego! E confia, independente da quantidade de fotos que você ver por aí, nada se compara com o visual ao vivo. E de quebra ainda fica pertinho do Brasil e fácil de chegar!

Ficamos 4 dias completos no deserto do Atacama, num ritmo acelerado de conhecer tudo que queríamos, e ainda assim acho que valeria ter ficado mais 1 dia para incluir outros 2 passeios!

 

O Deserto do Atacama fica localizada na região norte do Chile, e ocupa 105mil km2, sendo que a maior parte é composta por terrenos pedregosos, lagos e terrenos de sal (as famosas salinas e salares) e areia. É considerado o deserto mais árido/seco do mundo (pois não chove a centenas de anos em algumas áreas), e também o mais alto - podendo chegar em alguns lugares a 4.800m de altitude. As temperaturas variam absurdamente no mesmo dia podendo sair de 0 °C à noite e chegar a 40 °C de dia.

 

San Pedro de Atacama é um dos principais vilarejos desse deserto e se tornou ponto de encontro de viajantes de todo o mundo, afinal, é um destino isolado mas relativamente fácil de chegar. Saindo de São Paulo, basta voar até Calama via escala em Santiago (vou dar mais detalhes abaixo).

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 

✈️    **| COMO CHEGAR / SE LOCOMOVER |**

 

Atacama é um destino que ficou ainda mais atrativo pela facilidade de chegar saindo do Brasil. O vôo com destino final em Calama (CJC) faz escala em Santiago (SCL) - o que ajuda a dar uma paradinha extra na viagem. 

 

Fiz os dois trechos da viagem com a LATAM, e vale ficar atento, pois tem MUITAS promoções para esse destino. A GOL faz também esse trecho na primeira perna, e em parceria com a Sky Airline na segunda.

Minha dica é sentar na janelinha, para poder ver de camarote a vista surreal das cordilheiras de Santiago, e depois do deserto na chegada em Calama.

Cordilheira | Foto: Vanessa Doti

 

 

Se pegar um voo noturno em Santiago, como foi o meu caso, minha sugestão é pernoitar próximo ao centro para conseguir conhecer o coração de Santiago, como a Plaza de Las Armas, a Catedral Metropolitana, o Prédio dos Correios, Palácio da Moneda e muito mais. Fiquei no hotel RQ Central, e adorei! Hotel com excelente custo benefício, e mega bem localizado para conhecer esses pontos turísticos que mencionei acima.

 

Chegando em Calama, é necessário pegar uma van/ônibus para o vilarejo de San Pedro de Atacama. São aproximadamente 1h15 (~100km) de viagem. Alguns hotéis oferecem a organização desse translado, cobrando um preço a parte ou não. Caso não ofereçam, as duas opções que recomendo são a VIATOR, que é um pouquinho mais cara, mas oferece um ônibus em melhor estado, ou a LICANCABUR, que é super organizada e pontual, mas com um ônibus um pouco mais velho. O preço gira em torno de 20mil pesos chilenos se fechar ida e volta, ou 12mil pesos apenas um trecho.

Licancabur Transfer| Foto: Vanessa Doti

 

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 

☁️    **| CLIMA - MELHOR ÉPOCA |**

 

O clima no deserto do Atacama facilita a visita em praticamente qualquer época do ano. Como todo deserto, a variação de temperatura é enorme, com diferenças de mais de 40°C: altas temperaturas durante o dia e baixíssimas temperaturas à noite. 

Chuva não deve ser uma preocupação, ainda mais considerando que o deserto do Atacama não recebe chuvas significativas a mais de 500 anos, por isso é considerado o deserto mais seco do mundo!

 

↠ Dezembro a Março é a estação do verão, em que faz BASTANTE calor! As raras chuvas ocorrem nessa estação.

↠ Junho a Agosto é o inverno, super comum ter temperaturas abaixo de zero nos passeios de altas altitudes. Impossível entrar nas lagunas e piscinas nessa época!

↠ Abril, Maio | Setembro, Outubro são os meses transitórios e com temperaturas mais "amenas". Ainda que com grandes variações, possuem um clima quente mais ameno que o verão e sem possibilidade de chuvas.

 

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

📝    **| INFORMAÇÕES BÁSICAS |**

 

↠ Moeda: Peso Chileno (CLP)

R$1 real é igual aproximadamente 200 Pesos Chilenos

A maioria dos hotéis, restaurantes e empresas de turismo no Atacama aceitam cartão, mas recomendo fortemente levar cash trocado, por ser um destino afastado e no meio do nada!

A melhor cotação que encontrei, disparado, foi no aeroporto de Santiago. Então, se puder deixar para trocar na escala, vale a pena!

No aeroporto de Calama não há casas de câmbio, mas na cidade de San Pedro de Atacama você pode encontrar para qualquer emergência, a uma taxa beeem pior do que no Aeroporto de Santiago.

 

↠ Visto e Passaporte

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile, só é necessário ter passaporte válido e passagem de ida e volta comprada.

 

↠ Fuso Horário

2 horas antes de Brasília

 

↠ Tomada

220V

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 

🛁    **| ONDE SE HOSPEDAR |**

 

Por ser extremamente turístico, o Atacama tem hospedagem para literalmente TODOS os bolsos e gostos, dos mais exigentes aos mais econômicos, do puro luxo ao mochilão, do all inclusive ao albergue.

Duas coisas na minha opinião são super importantes ao escolher um hotel no Atacama: localização próxima ao centro e aquecedor no quarto!

Não caia na cilada de pegar um hotel super baratex a 20 minutos caminhando do centro, pois a noite e logo cedinho é SUPER frio, e a caminhada de 20 minutos vai ser muito mais sofrida do que parece! Outro ponto importante é que TUDO, literalmente TUDO fica no centrinho, então ficar afastado significa não ter acesso fácil aos restaurantes, agências, mercadinhos, farmácia e lojinhas. 

 

Como sempre, buscamos uma opção que tivesse um preço bacana, mas sem passar perrengue!

Abaixo eu vou indicar o hotel que fiquei (e suuuper recomendo), e mais duas opções: a top hospedagem (sonho!!) e um hostel super cool e bacana que alguns amigos ficaram e recomendaram:

 

Hotel La Casa de Don Tomás

 

Essa foi nossa escolha, e que escolha certa! 

O Hotel Casa de Don Tomás, além de ser uma graça, fica a apenas 10 minutos a pé do centrinho de San Pedro de Atacama. Os quartos são super confortáveis e possuem ar condicionado e aquecedor. A arquitetura e decoração é super charmosa e rústica, bem estilo atacamenho. O hotel tem uma área de lazer bacana também, com piscina e vestiários.

Fomos muito bem recebidos pelo gerente do hotel, que foi super atencioso em nos tirar todas as dúvidas do lugar, dos passeios e nos dar diversas recomendações. Logo ao entrar no quarto, fomos recebidos com um welcome kit de champagne com bombons Lindt.

 

Hotel La Casa de Don Tómas | Foto: Booking.com

 

Hotel Explora Atacama

 

Esse é o hotel mais bacana do Atacama. Além de proporcionar uma excelente hospedagem, o hotel preza por proporcionar uma experiência aos hóspedes, oferecendo mais de 40 opções de excursões exclusivas a cavalo, bicicleta, carro ou caminhada.

O hotel conta com 50 quartos super novinhos e luxuosos, com varandas com vistas incríveis para o campo. Além disso, há nas áreas comuns 4 piscinas, 4 jacuzzis, spa Explora e o mais bacana: uma terma de puritana exclusiva para os hóspedes do hotel.

O valor das diárias é BEM salgado, mas inclui todos os translados, refeições (que são maravilhosas e regadas a vinhos chilenos), bebidas, lanches para os passeios e excursões e tours.

 

Hotel Explora Atacama | Foto: Booking.com

Hostal Campo Base

 

Essa é a opção que acho mais bacana na categoria baratex para mochileiros de plantão, ou viajantes em estilo econômico.

O Hostel fica a 15 minutos a pé do centrinho da cidade, possui quartos compartilhados e privativos, e o mais bacana, oferece café da manhã bem gostosinho (tem até panquecas e ovos mexidos!) incluso no valor.

Os quartos são em sua maioria amplos e bem arejados, com uma decoração simples e colorida. 

O hostel possui uma cozinha compartilhada, e um supermercado bem pertinho.

 

Hostal Campo Base | Foto: Booking.com

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

🍴    **| ONDE COMER E BEBER |**

 

Assim como os hotéis, há opções de restaurantes no Atacama para todos os gostos e bolsos!

O Atacama desenvolveu bastante sua gastronomia, devido ao alto número de turistas visitando diariamente o local de todos os lugares do mundo.

Como eu estava viajando com meu namorado, e tínhamos apenas uma alimentação bacana (fora dos passeios) por dia, resolvemos conhecer os mais legais. Vou colocar aqui os que mais gostei, e recomendo a visita:

 

 - La Estaka

Endereço:Calle Caracoles, 259

Um dos mais turísticos e conhecidos restaurantes de San Pedro de Atacama.
O ambiente é super aconchegantes, com mesinhas de madeira e uma lareira ao canto. No menu, diversas opções de pratos contemporâneos, inclusive algumas opções vegetarianas. 

Restaurante La Estaka | Foto: Vanessa Doti 

 


- La Casona

Endereço: Calle Caracoles, 195-A
Foi o nosso preferido!

Com dois espaços, sendo um com decoração mais sóbria e sofisticada e outro mais despojado, com decoração chilena, o restaurante La Casona é um clássico do Atacama.
Os pratos são super bem servidos e o diferencial são as carnes (parrilhadas) nas opções grelhadas ou churrasco - que são uma delícia! Uma boa pedida para um vinho acompanhando a carne também!

Restaurante La Casona | Foto: Vanessa Doti

 

 


- Adobe

Endereço: Calle Caracoles, 211
Um dos restaurantes mais conhecidos de San Pedro, e com o ambiente mais bacana! Além de ter uma comida deliciosa, com destaque para as carnes e pizzas, o mais legal desse restaurante é que ele conta com um amplo ambiente aberto com mesas que ficam dispostas ao redor de uma grande fogueira. É possível jantar vendo as estrelas e ouvindo uma típica música atacamenha.

Restaurante Adobe | Foto: Vanessa Doti

 

 


- Las Delícias de Carmen

Endereço: Caracoles 259-B
Aqui é onde encontram-se os pratos tradicionais chilenos. Uma ótima opção para experimentar a culinária local - e desfrutar os diferentes sabores. Para os menos aventureiros, o restaurante conta com opções de pizza no cardápio. Vale a pena experimentar a torta de maçã, que é super famosa!

Restaurante Las Delícias de Carmen | Foto: Booking.com

 

 


Heladeria Babaloo

Endereço: Caracoles 140
Parada obrigatória no meio do dia, quando o sol estiver pra lá de quente!

A Sorveteria Babaloo é bem simples, mas com os mais deliciosos sorvetes artesanais de San Pedro (e olha que experimentamos vários!). São diversos sabores de sorvetes e sucos, desde os mais comuns até os mais diferentes típicos da região. 

Heladeria Babalu |  Foto: Vanessa Doti

 

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

🚲    **| O QUE FAZER |**

 

Como eu disse, passei 4 dias completos no Atacama, e senti que poderia ter ficado mais 1 dia. Acho 5 dias o ideal para conhecer bem os principais passeios!

O Atacama é CHEIO de passeios maravilhosos, de cair o queixo mesmo! Está com certeza entre as paisagens mais lindas que já vi na minha vida.

É super importante pesquisar e entender os passeios, para montar um roteiro bacana e com a sua cara! Eu fiz a maioria dos passeios mais famosos do Atacama, mas é claro que há muitos outros! 

Uma coisa super importante a considerar quando for montar seu roteiro é a questão da adaptação do corpo a altitude. O ideal é chegar em San Pedro do Atacama, que está a 2.400m de altitude e dar um tempinho para o corpo se acostumar.  O mesmo para a escolha da ordem dos passeios: vale começar dos que possuem menor altitude, para depois encarar os de maior, que chegam a 4.700m. Eu não senti absolutamente nada, me senti super bem, mas tomei baaastante água, procurei não me esforçar demais desnecessariamente e tomei várias vezes o cházinho de coca que o hotel oferece. 

 

Agência: A escolha da agência é SUPER importante, para garantir um passeio bacana. Aqui também tem para todos os bolsos e gostos. Eu fiz meus passeios com 4 agências para experimentar. Segue aqui minhas recomendações em ordem de preferência:

 

Ayllu: Endereço: Calle Toconao, 479 | Whatsapp: + 569 4021-2535 ou + 569 64969163 - falar com Debora (ela é brasileira)

É uma das melhores e mais caras agências de San Pedro de Atacama, mas valeu cada centavo! O grande diferencial está no cuidado com os detalhes, na equipe e no menu, que é realmente uma delícia! O serviço é muito mais personalizado: A Debora adaptou o roteiro de um dos passeios para que conseguíssemos fazer a tempo de pegar nosso voo no último dia. 
Fizemos dois passeios com a Ayllu e ambos foram ótimos, com guias super queridos e bem preparados para explicar sobre o lugar!
Tanto o café da manhã quanto o almoço do tour foi preparado com todo cuidado em mesas com toalhas com cores típicas chilenas, cadeiras, pratos e taças - que proporcionam um conforto a mais, e em lugares lindos, para que pudéssemos desfrutar de uma experiência bacana!

 

FlaviaBiaEndereço: Calle Jon Reales, 402B | Whatsapp: +56 9 4251 7683  - falar com Rose e com Flavia 

É também uma das melhores e mais caras agências de San Pedro de Atacama, e vale cada centavo! Ambas agências (Ayllu e FlaviaBia) nasceram do mesmo ideal, por um casal apaixonado pelo Atacama. Todo o cuidado aos detalhes, comidinhas maravilhosas e equipe super atenciosa pode ser encontrado também na FlaviaBia.  

Se a ideia é fazer uma viagem com roteiros personalizados e de luxo, com certeza FlaviaBia é a melhor opção. Mas prepare o bolso: toda a personalização tem seu preço!  

 

Grado 10Endereço: Calle Toconao, 435 | Whatsapp: +569 8131-6416

É uma das top agências do Atacama, com um preço também mais elevado, mas sem tanta flexibilidade de horários e movimentações de agenda. 

O diferencial deles são principalmente os carros, que são ônibus overland super bacanas, e o guia Miguel - que faz o passeio valer ainda mais a pena! Todo o cuidado aos detalhes, a Grado também tem, como comida bacana, roupão para as termas e etc...

Fizemos um passeio com eles, e tenho vários amigos que também fizeram e as experiências sempre foram super bacanas!

 

123 AndesEndereço: Calle Caracoles, 101 C | Whatsapp: +569 8131-6416 
É uma agência menor, com um excelente custo benefício. O diferencial deles está nos guias, que são muito figuras! Diria que uma atração a parte!
Fizemos o passeio do Valle de La Luna com o guia Ricardo, que além de extremamente solicito e bem preparado era fotógrafo profissional. Nossas fotos desse dia ficaram dignas de porta retratos! ♥︎
Fomos atendidos pela Bibi, uma brasileira que foi super agilizada e pratica em nos oferecer o que precisávamos!

 

LithiumEndereço: Calle Caracoles, 419 B | Whatsapp: ++569 9889-65672 - falar com Paola
É uma agência de porte médio, com um excelente custo benefício. Optamos por fazer o passeio do Salar de Tara com a Lithium, por indicações de amigos e foi super bacana!
O guia, Mário fez questão de explicar cada detalhe nas paradas e ainda fez na volta 2 paradas extras, dado que o grupo estava animado!
O ponto fraco deles para mim foi a comida. Tanto o café da manhã quanto o almoço tinham pouquíssimas opções, que estavam frias e não muito gostosas! O café da manhã tinha apenas um pão com queijo e água quente para fazer chá ou chocolate quente (não tinha opção de leite), e o almoço, apesar de ter mais opções estava super gelado.


 

Passeios: Como eu disse, são diversos passeios possíveis de serem feitos no Atacama. Eu vou colocar aqui minha sugestão de roteiro (que AMEI):

 

Vale de La Luna e Vale de La Muerte | 2.400m de altitude

Esse é um dos passeio mais tradicionais do Atacama. Tem duração de meio dia, (começa as 15h e termina as 19h30), com o pôr do sol mais incrível de todos (a Cordilheira e o céu se misturam nas cores mais incríveis que já vi na vida, juro!).

 

Ambos Vales estão localizados na Cordilheira de Sal, que a muuuitos anos atrás era um antigo lago que foi sendo levantado e verticalizado pelas movimentações terrestres, assim como aconteceu com a Cordilheira dos Andes. O lugar é cheio de esculturas naturais lindas. Foi lá que vimos algumas das mais lindas paisagens da viagem! O marrom do lugar faz parecer que estamos no planeta vermelho, Marte. E é daí que vem o nome Vale da Morte. Dizem que um padre belga, chamado Gustavo Le Paige visitou o lugar, e extasiado começou a gritar "Vale de MARTE, Vale de MARTE", e que pelo sotaque super forte, as pessoas entenderam como "Vale de la Muerte".

Em épocas de chuvas, o sal aflora e a cordilheira ganha uma nova cara completamente branquinha!

 

O passeio passa por 5 principais pontos: As três Marias, o Anfiteatro, A grande Duna, as Cavernas de Sal e o Mirante Ckari, terminando no imperdível pôr do sol.

 

Fizemos esse passeio com a 123 Andes, e custou 13 mil pesos ( ~R$65,00) + 3,4 mil pesos (~R$17,00) da entrada do parque.

A parte difícil para quem tem claustrofobia - passar pelas formações rochosas do Vale | Foto: Vanessa Doti

 

 

Vale de La Luna - Formações Rochosas | Foto: Vanessa Doti

 

Vista de tirar o fôlego. | Foto: Vanessa Doti

 

Vulcão Licancabur rosa do pôr do sol. | Foto: Vanessa Doti

 

 Pôr do sol visto do Vale de La Luna. | Foto: Vanessa Doti

 

 

Lagunas Antiplânicas + Piedras Rojas | 4.500m de altitude

Na minha opinião, um dos passeios MAIS lindos e incríveis do Atacama! Esse é com certeza obrigatório.
Fizemos esse tour com a agência Ayllu, pois era o que pelas nossas pesquisas mais tínhamos gostado e não queríamos nos decepcionar! E valeu super a pena! O passeio começa às 5h30 da manhã (prepare-se para o frio!) e termina as 14h30.

 

Para chegar na primeira parada são aproximadamente 2 horas de carro. Nesse trajeto já é possível ver a diferença de paisagem do Atacama.
Saímos bem cedo do nosso hotel às 5h30 da manhã com o guia David, que além de ser um guia super preparado e solicito, foi também um excelente fotógrafo!

Paradinha no caminho das Lagunas | Foto: Vanessa Doti

 


O passeio passa pela Laguna Tuyaito, pelo Salar de Tara (onde vemos as famosas Piedras Rojas), pelo povoado de Socaire, Laguna Miscanti e Meniques e por fim, pelo trópico de capricórnio, onde é possível tirar aquela famosa foto com a placa no meio da estrada.

 

 Uma panorâmica desse lugar surreal. | Foto: Vanessa Doti

 

 

Laguna Tuyaito | Foto: Vanessa Doti

 

Vista incrível das Piedras Rojas. | Foto: Vanessa Doti

 

 

Laguna Miscanti e Meniques. | Foto: Vanessa Doti

 

 

Lagunas Antiplânicas. | Foto: Vanessa Doti

 

Trópico de Capricornio. | Foto: Vanessa Doti


O café da manhã é feito no alto do morro das Piedras Rojas. Um café da manhã delícia, com direito a muitas gostosuras como ovos mexidos (feitos na hora), croissant com nutella e chocolate quentinho, e de quebra, com uma vista SURREAL de linda. Ali faz frio de congelar! Então vale a pena ir bem preparado!

Café da manhã delícia bem no topo da Laguna Tuyaito. | Foto: Vanessa Doti

 


Fizemos o almoço às 14h30 no restaurante da agência no retorno do passeio e estava uma delícia, com direito a saladona, arroz, opção de frango ou carne grelhados na hora, batatas fritas, bolinhos de queijo e pastelzinhos e um maravilhoso suco de frutas vermelhas geladinhos, para combater o calor de 35°C.

 

Fizemos esse passeio com a Ayllu, e custou 66,5 mil pesos ( ~R$332,00)

 

 

Salar de Tara | 4.800m de altitude

Esse é um passeio de dia inteiro, que começa as 08h da manhã e termina as 17h. Confesso que o Salar de Tara e o passeio da Lagunas Antiplânicas foram os dois que ganharam meu coração por completo. Para mim, ambos são obrigatórios. Sem exageros, foram algumas das paisagens mais lindas que já vi na minha vida. De ficar literalmente de boca aberta, sabe?

 

Primeira parada com vulcão Licancabur ao fundo. Tomamos café da manhã com essa vista de fundo. | Foto: Vanessa Doti

 

Salar de Tara com Lagunas Antiplânicas ao fundo. | Foto: Vanessa Doti

 

Salar de Tara com Lagunas Antiplânicas ao fundo. | Foto: Vanessa Doti

 

Salar de Tara  | Foto: Vanessa Doti

 

Catedrais Salar de Tara. | Foto: Vanessa Doti

 

 

O Salar de Tara fica localizado na Cordilheira dos Andes a 150km de distância de San Pedro do Atacama, sobre uma gigante caldeira que divide Chile, Bolívia e Argentina. Do carro é possível ver a menos de 1km de distância a parte da Bolívia (que é o início do passeio para quem cruza o deserto de sal - salar de uyuni, do país). As paisagens e as formações rochosas são únicas nesse lugar - diferente de tudo que tinha visto até então! Esse é o tour que chega mais próximo ao que seria a travessia pelo deserto de sal, e foi nele que vimos a maior quantidade de animais, como vicunhas (que parece a lhama), patos jergón, zorros culpéos (a raposinha do deserto) e a viscacha (que parece uma mistura de coelho, com canguru e rabo de esquilo! hahaha)

Flamingos da Reserva Nacional. | Foto: Vanessa Doti

 

 

A parada final desse passeio, que também é onde é realizado o almoço é na Reserva Nacional dos Flamingos, que tem uma vista maravilhosa!!

 

Fizemos esse passeio com a Lithium, e custou 45 mil pesos ( ~R$225,00).

 

 

Lagunas Escondidas | 2.400m de altitude

As Lagunas Escondidas de Baltinache são 7 lagoas (super) salgadas, que ficam entre as Cordilheiras de Sal e Domeyko.

As cores de azul claro e escuro das diferentes lagoas são maravilhosas, e fazem um contraste lindo com o branco do sal. Só é permitido entrar na última lagoa, e ela tem as mesmas propriedades salinas da Laguna Cejar, ou seja, você vai boiar, e é MUITO legal. Mas se prepara: eu nunca entrei em uma água tão fria na minha vida! Mas vale a pena! A sensação de não conseguir afundar, em meio aquela paisagem maravilhosa é muito legal!!

O passeio saiu às 08h da manhã e retornamos às 13h30. Almoçamos por lá mesmo, no mesmo esquema TOP de mesinhas montadas em meio ao deserto, com uma comida deliciosa!

 

Fizemos esse passeio com a Ayllu, e custou 49 mil pesos ( ~R$245,00)

Foto clássica na Laguna I, logo na entrada do passeio. | Foto: Vanessa Doti

Lagunas Escondidas e as cores surreais. | Foto: Vanessa Doti

 

 

 Cada Laguna tem uma cor de azul, das mais profundas as mais  | Foto: Vanessa Doti

 

A concentração de sal da água é tão grande que é impossível afundar. | Foto: Vanessa Doti

 

 

Tour Astrônomico | 2.400m de altitude

O deserto facilita (e muito) a observação de estrelas no céu. Nesse tour, vi o céu mais estrelado de toda a minha vida! É realmente impressionante o número de estrelas que existem no céu, e que morando em lugares com mais poluição (como é o meu caso, em SP), acabamos não vendo!

O tour começa com uma explicação sobre a astronomia, o universo, as constelações, planetas e cometas super bacana, e em seguida parte para a observação dos pontos no céu por meio de telescópios mega profissionais!

É bem frio no local de observação, que fica a uns 15 minutos do centro, então é servido chá, chocolate quente e bolachinhas para todos antes e depois do passeio! O passeio sai as 22h30 e volta para o centro da cidade as 00h30.

 

Tem duas agências super bacanas para fazer esse tour, a SPACE e a STARGAZING. Fizemos com um guia brasileiro INCRÍVEL, que facilitou muito o entendimento, pois tem muitos nomes diferentes nas constelações e etc...super recomendo!

 

Fizemos esse passeio com a STARGAZING, e custou 20 mil pesos ( ~R$100,00).

Obs. Geralmente esses passeios é mais fácil fechar com as agências que irão fazer seus pacotes de viagem. Elas tem parceria com essas duas, e faz a ponte direto para você!

 

O céu mais estrelado que já vi na minha vida e meu discreto casaco. | Foto: Vanessa Doti

 

 

 

Passeios que não fiz, mas que ouvi SUPER bem:

Laguna Cejar | 2.300m de altitude

Esse passeio eu não fiz, mas queria MUITO ter feito!

É uma experiência parecida com a das Lagunas Escondidas. A diferença é que a Laguna Cejar está dentro do Salar de Atacama, e dizem que tem uma concentração de sal maior do que a do Mar Morto.

O passeio finaliza no pôr do sol em um cenário incrível, com direito a drinks!

Começa às 15h e tem retorno às 19h30.

 

Valor: 57mil pesos ( ~R$285,00) - já inclui o valor da entrada no parque.

 

Laguna Ceja. | Foto: Miscanti Atacama

 

 

Gêiseres del Tatio | 4.700m de altitude

Esse é um passeio que divide muito as opiniões. Ouvi pessoas que amaram, e me disseram ser o passeio mais legal do Atacama, e outras que detestaram. O que foi unanime: Se prepare para passar frio, mas muuuuito frio mesmo!

Os gêiseres são fendas no solo que tem pequenas erupções que saem água. O passeio sai ás 5h da manhã e volta às 12h30.

 

Valor: 37mil pesos ( ~R$185,00) - já inclui o valor da entrada no parque.

 

Geysers del Tatio. | Foto: Agência Ayllu

 

Geysers del Tatio. | Foto: Agência Ayllu

 

 

 

Passeio de Balão 

Esse passeio começa super cedo, às 6h30 da manhã e dizem que é a forma mais incrível de ver o Deserto do Atacama, já que o balão sobrevoa as formações geológicas e você consegue ter uma noção da imensidão que é esse lugar!

O passeio depende do vento, então não é todo dia que é possível fazer, e tem duração de cerca de 1hora no ar.

 

Valor: 169mil pesos ( ~R$845,00)

 


 

Passeio de balão pelo Atacama. | Foto: Balloons Over Atacama

 

 

⇞ Voltar para o começo do post

 

 

 

👗   **| O QUE VESTIR |** 

 

Como eu disse, o clima no Atacama é muito doido. Por ser um deserto, em um único dia a temperatura pode variar de -10°C a 38°C, então escolher bem as roupas e estar preparado para isso faz TODA a diferença para ter uma viagem bacana e sem perrengues! 

 

Para os passeios: minha dica é levar roupas confortáveis e que se sobreponham, para que o efeito cebola aconteça durante o dia sem muita dificuldade.

Eu sempre saia do hotel com uma blusa de manga curta por baixo, manga comprida, malha quentinha/colete e levava meu super casaco térmico (um rosa que vocês devem ter visto nas fotos). Para parte de baixo levei calça legging térmica, calça legging normal e jeans de stretch. Importante levar shorts na mochila do passeio para trocar ao longo do dia nas paradas - dado que fica MUITO calor! 

De acessórios eu levei luvas, gorro, cachecol, protetor de orelhas e óculos de sol.

Não esqueça da roupa de banho e do chinelo para os passeios que envolvam água.

Abaixo alguns dos looks que separei para a viagem para ajudar a exemplificar:

 

Dica: Por ser MUITO seco e com temperaturas mais altas em partes do dia, é MEGA importante levar: protetor solar, protetor labial (um potente, porque o lábio racha mesmo com o clima seco!), soro fisiológico, hidratante para rosto e corpo e uma garrafinha térmica para a água.  

 

Para jantar: A maioria dos dias nós íamos jantar logo na sequência do passeio - e praticamente todo mundo faz isso. É bem tranquilo. Todos os looks acima encaixam super bem. Nada de luxo ou sofisticação! 

 

 

Obrigada pela visita, e espero que as dicas do Atacama ajudem! ☺︎ ✌︎

Curtam muito esse lugar, que tem uma energia sem igual!

Beijos, Doti
 

*Acompanhe as dicas de viagem também pelo instagram @dicasdadoti

 

 

..........

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

Chapada dos Guimarães, parque nacional e as cachoeiras esverdeadas.

May 5, 2019

Chapada dos Veadeiros e todo seu misticismo.

April 24, 2019

1/7
Please reload

  • White Facebook Icon
California
IMG_7657
IMG_7656

DICAS DA DOTI é um blog recheado de dicas e experiências de viagens com ótimo custo benefício e sem passar perrengue. Publicitária de profissão e viajante nas horas vagas (em todas as horas vagas, diga-se de passagem), VANESSA DOTI é quem compartilha todo seu amor e melhores dicas de viagem com os leitores, através de roteiros leves e super completos. 

 

Read More

 

Dicas da Doti |  www.dicasdadoti.com.br |  contato@dicasdadoti.com.br |  @dicasdadoti

© 2018 Dicas da Doti - Todos os direitos reservados. Conteúdo protegido por direitos autorais. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização da autora.