Atacama, uma volta pelo deserto mais árido do mundo!


AMÉRICA DO SUL - ATACAMA

América do Sul | Chile | Atacama | San Pedro de Atacama | Santiago

Um post recheado de dicas do deserto mais árido do mundo: Atacama, no Chile. Encontre aqui um guia completo para uma viagem com ótimo custo benefício, e sem perrengue!! Dicas/sugestões de como chegar, onde ficar, passeios imperdíveis, melhores restaurantes, melhor época para visitar, câmbio, que roupas levar e muito mais...!

🔍 **| SOBRE O LUGAR |**

✈️ **| COMO CHEGAR / SE LOCOMOVER |**

☁️ **| CLIMA - MELHOR ÉPOCA |**

📝 **| INFORMAÇÕES BÁSICAS |**

🛁 **| ONDE SE HOSPEDAR |**

🍴 **| ONDE COMER E BEBER |**

🚲 **| O QUE FAZER |**

👗 **| O QUE VESTIR |**

🔍 **| SOBRE O LUGAR |**

Atacama com certeza virou um dos meus queridinhos e conquistou meu coração por completo! E não é nem um pouco difícil de entender o por quê. O deserto mais árido do mundo mistura as paisagens mais surreais e inesperadas, com montanhas, vales, neve, salares, lagoas azuis e muito mais. As paisagens são literalmente de tirar o fôlego! E confia, independente da quantidade de fotos que você ver por aí, nada se compara com o visual ao vivo. E de quebra ainda fica pertinho do Brasil e fácil de chegar!

Ficamos 4 dias completos no deserto do Atacama, num ritmo acelerado de conhecer tudo que queríamos, e ainda assim acho que valeria ter ficado mais 1 dia para incluir outros 2 passeios!


O Deserto do Atacama fica localizada na região norte do Chile, e ocupa 105mil km2, sendo que a maior parte é composta por terrenos pedregosos, lagos e terrenos de sal (as famosas salinas e salares) e areia. É considerado o deserto mais árido/seco do mundo (pois não chove a centenas de anos em algumas áreas), e também o mais alto - podendo chegar em alguns lugares a 4.800m de altitude. As temperaturas variam absurdamente no mesmo dia podendo sair de 0 °C à noite e chegar a 40 °C de dia.


San Pedro de Atacama é um dos principais vilarejos desse deserto e se tornou ponto de encontro de viajantes de todo o mundo, afinal, é um destino isolado mas relativamente fácil de chegar. Saindo de São Paulo, basta voar até Calama via escala em Santiago (vou dar mais detalhes abaixo).

⇞ Voltar para o começo do post

✈️ **| COMO CHEGAR / SE LOCOMOVER |**

Atacama é um destino que ficou ainda mais atrativo pela facilidade de chegar saindo do Brasil. O vôo com destino final em Calama (CJC) faz escala em Santiago (SCL) - o que ajuda a dar uma paradinha extra na viagem.


Fiz os dois trechos da viagem com a LATAM, e vale ficar atento, pois tem MUITAS promoções para esse destino. A GOL faz também esse trecho na primeira perna, e em parceria com a Sky Airline na segunda.

Minha dica é sentar na janelinha, para poder ver de camarote a vista surreal das cordilheiras de Santiago, e depois do deserto na chegada em Calama.

Cordilheira | Foto: Vanessa Doti

Se pegar um voo noturno em Santiago, como foi o meu caso, minha sugestão é pernoitar próximo ao centro para conseguir conhecer o coração de Santiago, como a Plaza de Las Armas, a Catedral Metropolitana, o Prédio dos Correios, Palácio da Moneda e muito mais. Fiquei no hotel RQ Central, e adorei! Hotel com excelente custo benefício, e mega bem localizado para conhecer esses pontos turísticos que mencionei acima.


Chegando em Calama, é necessário pegar uma van/ônibus para o vilarejo de San Pedro de Atacama. São aproximadamente 1h15 (~100km) de viagem. Alguns hotéis oferecem a organização desse translado, cobrando um preço a parte ou não. Caso não ofereçam, as duas opções que recomendo são a VIATOR, que é um pouquinho mais cara, mas oferece um ônibus em melhor estado, ou a LICANCABUR, que é super organizada e pontual, mas com um ônibus um pouco mais velho. O preço gira em torno de 20mil pesos chilenos se fechar ida e volta, ou 12mil pesos apenas um trecho.

Licancabur Transfer| Foto: Vanessa Doti

⇞ Voltar para o começo do post

☁️ **| CLIMA - MELHOR ÉPOCA |**

O clima no deserto do Atacama facilita a visita em praticamente qualquer época do ano. Como todo deserto, a variação de temperatura é enorme, com diferenças de mais de 40°C: altas temperaturas durante o dia e baixíssimas temperaturas à noite.

Chuva não deve ser uma preocupação, ainda mais considerando que o deserto do Atacama não recebe chuvas significativas a mais de 500 anos, por isso é considerado o deserto mais seco do mundo!

↠ Dezembro a Março é a estação do verão, em que faz BASTANTE calor! As raras chuvas ocorrem nessa estação.

↠ Junho a Agosto é o inverno, super comum ter temperaturas abaixo de zero nos passeios de altas altitudes. Impossível entrar nas lagunas e piscinas nessa época!

↠ Abril, Maio | Setembro, Outubro são os meses transitórios e com temperaturas mais "amenas". Ainda que com grandes variações, possuem um clima quente mais ameno que o verão e sem possibilidade de chuvas.

⇞ Voltar para o começo do post

📝 **| INFORMAÇÕES BÁSICAS |**

↠ Moeda: Peso Chileno (CLP)

R$1 real é igual aproximadamente 200 Pesos Chilenos

A maioria dos hotéis, restaurantes e empresas de turismo no Atacama aceitam cartão, mas recomendo fortemente levar cash trocado, por ser um destino afastado e no meio do nada!

A melhor cotação que encontrei, disparado, foi no aeroporto de Santiago. Então, se puder deixar para trocar na escala, vale a pena!

No aeroporto de Calama não há casas de câmbio, mas na cidade de San Pedro de Atacama você pode encontrar para qualquer emergência, a uma taxa beeem pior do que no Aeroporto de Santiago.

↠ Visto e Passaporte

Brasileiros não precisam de visto para entrar no Chile, só é necessário ter passaporte válido e passagem de ida e volta comprada.

↠ Fuso Horário

2 horas antes de Brasília

↠ Tomada

220V

⇞ Voltar para o começo do post

🛁 **| ONDE SE HOSPEDAR |**

Por ser extremamente turístico, o Atacama tem hospedagem para literalmente TODOS os bolsos e gostos, dos mais exigentes aos mais econômicos, do puro luxo ao mochilão, do all inclusive ao albergue.

Duas coisas na minha opinião são super importantes ao escolher um hotel no Atacama: localização próxima ao centro e aquecedor no quarto!

Não caia na cilada de pegar um hotel super baratex a 20 minutos caminhando do centro, pois a noite e logo cedinho é SUPER frio, e a caminhada de 20 minutos vai ser muito mais sofrida do que parece! Outro ponto importante é que TUDO, literalmente TUDO fica no centrinho, então ficar afastado significa não ter acesso fácil aos restaurantes, agências, mercadinhos, farmácia e lojinhas.


Como sempre, buscamos uma opção que tivesse um preço bacana, mas sem passar perrengue!

Abaixo eu vou indicar o hotel que fiquei (e suuuper recomendo), e mais duas opções: a top hospedagem (sonho!!) e um hostel super cool e bacana que alguns amigos ficaram e recomendaram:

Hotel La Casa de Don Tomás

Essa foi nossa escolha, e que escolha certa!

O Hotel Casa de Don Tomás, além de ser uma graça, fica a apenas 10 minutos a pé do centrinho de San Pedro de Atacama. Os quartos são super confortáveis e possuem ar condicionado e aquecedor. A arquitetura e decoração é super charmosa e rústica, bem estilo atacamenho. O hotel tem uma área de lazer bacana também, com piscina e vestiários.

Fomos muito bem recebidos pelo gerente do hotel, que foi super atencioso em nos tirar todas as dúvidas do lugar, dos passeios e nos dar diversas recomendações. Logo ao entrar no quarto, fomos recebidos com um welcome kit de champagne com bombons Lindt.

Hotel La Casa de Don Tómas | Foto: Booking.com

Hotel Explora Atacama

Esse é o hotel mais bacana do Atacama. Além de proporcionar uma excelente hospedagem, o hotel preza por proporcionar uma experiência aos hóspedes, oferecendo mais de 40 opções de excursões exclusivas a cavalo, bicicleta, carro ou caminhada.

O hotel conta com 50 quartos super novinhos e luxuosos, com varandas com vistas incríveis para o campo. Além disso, há nas áreas comuns 4 piscinas, 4 jacuzzis, spa Explora e o mais bacana: uma terma de puritana exclusiva para os hóspedes do hotel.

O valor das diárias é BEM salgado, mas inclui todos os translados, refeições (que são maravilhosas e regadas a vinhos chilenos), bebidas, lanches para os passeios e excursões e tours.

Hotel Explora Atacama | Foto: Booking.com

Hostal Campo Base

Essa é a opção que acho mais bacana na categoria baratex para mochileiros de plantão, ou viajantes em estilo econômico.

O Hostel fica a 15 minutos a pé do centrinho da cidade, possui quartos compartilhados e privativos, e o mais bacana, oferece café da manhã bem gostosinho (tem até panquecas e ovos mexidos!) incluso no valor.

Os quartos são em sua maioria amplos e bem arejados, com uma decoração simples e colorida.

O hostel possui uma cozinha compartilhada, e um supermercado bem pertinho.

Hostal Campo Base | Foto: Booking.com

⇞ Voltar para o começo do post

🍴 **| ONDE COMER E BEBER |**

Assim como os hotéis, há opções de restaurantes no Atacama para todos os gostos e bolsos!

O Atacama desenvolveu bastante sua gastronomia, devido ao alto número de turistas visitando diariamente o local de todos os lugares do mundo.

Como eu estava viajando com meu namorado, e tínhamos apenas uma alimentação bacana (fora dos passeios) por dia, resolvemos conhecer os mais legais. Vou colocar aqui os que mais gostei, e recomendo a visita:


- La Estaka

Endereço:Calle Caracoles, 259

Um dos mais turísticos e conhecidos restaurantes de San Pedro de Atacama. O ambiente é super aconchegantes, com mesinhas de madeira e uma lareira ao canto. No menu, diversas opções de pratos contemporâneos, inclusive algumas opções vegetarianas.

Restaurante La Estaka | Foto: Vanessa Doti


- La Casona

Endereço: Calle Caracoles, 195-A Foi o nosso preferido!

Com dois espaços, sendo um com decoração mais sóbria e sofisticada e outro mais despojado, com decoração chilena, o restaurante La Casona é um clássico do Atacama. Os pratos são super bem servidos e o diferencial são as carnes (parrilhadas) nas opções grelhadas ou churrasco - que são uma delícia! Uma boa pedida para um vinho acompanhando a carne também!

Restaurante La Casona | Foto: Vanessa Doti



- Adobe

Endereço: Calle Caracoles, 211 Um dos restaurantes mais conhecidos de San Pedro, e com o ambiente mais bacana! Além de ter uma comida deliciosa, com destaque para as carnes e pizzas, o mais legal desse restaurante é que ele conta com um amplo ambiente aberto com mesas que ficam dispostas ao redor de uma grande fogueira. É possível jantar vendo as estrelas e ouvindo uma típica música atacamenha.

Restaurante Adobe | Foto: Vanessa Doti



- Las Delícias de Carmen

Endereço: Caracoles 259-B Aqui é onde encontram-se os pratos tradicionais chilenos. Uma ótima opção para experimentar a culinária local - e desfrutar os diferentes sabores. Para os menos aventureiros, o restaurante conta com opções de pizza no cardápio. Vale a pena experimentar a torta de maçã, que é super famosa!

Restaurante Las Delícias de Carmen | Foto: Booking.com



Heladeria Babaloo

Endereço: Caracoles 140 Parada obrigatória no meio do dia, quando o sol estiver pra lá de quente!

A Sorveteria Babaloo é bem simples, mas com os mais deliciosos sorvetes artesanais de San Pedro (e olha que experimentamos vários!). São diversos sabores de sorvetes e sucos, desde os mais comuns até os mais diferentes típicos da região.

Heladeria Babalu | Foto: Vanessa Doti

⇞ Voltar para o começo do post

🚲 **| O QUE FAZER |**

Como eu disse, passei 4 dias completos no Atacama, e senti que poderia ter ficado mais 1 dia. Acho 5 dias o ideal para conhecer bem os principais passeios!

O Atacama é CHEIO de passeios maravilhosos, de cair o queixo mesmo! Está com certeza entre as paisagens mais lindas que já vi na minha vida.

É super importante pesquisar e entender os passeios, para montar um roteiro bacana e com a sua cara! Eu fiz a maioria dos passeios mais famosos do Atacama, mas é claro que há muitos outros!

Uma coisa super importante a considerar quando for montar seu roteiro é a questão da adaptação do corpo a altitude. O ideal é chegar em San Pedro do Atacama, que está a 2.400m de altitude e dar um tempinho para o corpo se acostumar. O mesmo para a escolha da ordem dos passeios: vale começar dos que possuem menor altitude, para depois encarar os de maior, que chegam a 4.700m. Eu não senti absolutamente nada, me senti super bem, mas tomei baaastante água, procurei não me esforçar demais desnecessariamente e tomei várias vezes o cházinho de coca que o hotel oferece.


Agência: A escolha da agência é SUPER importante, para garantir um passeio bacana. Aqui também tem para todos os bolsos e gostos. Eu fiz meus passeios com 4 agências para experimentar. Segue aqui minhas recomendações em ordem de preferência:


Ayllu: Endereço: Calle Toconao, 479 | Whatsapp: + 569 4021-2535 ou + 569 64969163 - falar com Debora (ela é brasileira)

É uma das melhores e mais caras agências de San Pedro de Atacama, mas valeu cada centavo! O grande diferencial está no cuidado com os detalhes, na equipe e no menu, que é realmente uma delícia! O serviço é muito mais personalizado: A Debora adaptou o roteiro de um dos passeios para que conseguíssemos fazer a tempo de pegar nosso voo no último dia. Fizemos dois passeios com a Ayllu e ambos foram ótimos, com guias super queridos e bem preparados para explicar sobre o lugar! Tanto o café da manhã quanto o almoço do tour foi preparado com todo cuidado em mesas com toalhas com cores típicas chilenas, cadeiras, pratos e taças - que proporcionam um conforto a mais, e em lugares lindos, para que pudéssemos desfrutar de uma experiência bacana!


FlaviaBia: Endereço: Calle Jon Reales, 402B | Whatsapp: +56 9 4251 7683 - falar com Rose e com Flavia

É também uma das melhores e mais caras agências de San Pedro de Atacama, e vale cada centavo! Ambas agências (Ayllu e FlaviaBia) nasceram do mesmo ideal, por um casal apaixonado pelo Atacama. Todo o cuidado aos detalhes, comidinhas maravilhosas e equipe super atenciosa pode ser encontrado também na FlaviaBia.

Se a ideia é fazer uma viagem com roteiros personalizados e de luxo, com certeza FlaviaBia é a melhor opção. Mas prepare o bolso: toda a personalização tem seu preço!


Grado 10: Endereço: Calle Toconao, 435 | Whatsapp: +569 8131-6416

É uma das top agências do Atacama, com um preço também mais elevado, mas sem tanta flexibilidade de horários e movimentações de agenda.

O diferencial deles são principalmente os carros, que são ônibus overland super bacanas, e o guia Miguel - que faz o passeio valer ainda mais a pena! Todo o cuidado aos detalhes, a Grado também tem, como comida bacana, roupão para as termas e etc...

Fizemos um passeio com eles, e tenho vários amigos que também fizeram e as experiências sempre foram super bacanas!


123 Andes: Endereço: Calle Caracoles, 101 C | Whatsapp: +569 8131-6416 É uma agência menor, com um excelente custo benefício. O diferencial deles está nos guias, que são muito figuras! Diria que uma atração a parte! Fizemos o passeio do Valle de La Luna com o guia Ricardo, que além de extremamente solicito e bem preparado era fotógrafo profissional. Nossas fotos desse dia ficaram dignas de porta retratos! ♥︎ Fomos atendidos pela Bibi, uma brasileira que foi super agilizada e pratica em nos oferecer o que precisávamos!


Lithium: Endereço: Calle Caracoles, 419 B | Whatsapp: ++569 9889-65672 - falar com Paola É uma agência de porte médio, com um excelente custo benefício. Optamos por fazer o passeio do Salar de Tara com a Lithium, por indicações de amigos e foi super bacana! O guia, Mário fez questão de explicar cada detalhe nas paradas e ainda fez na volta 2 paradas extras, dado que o grupo estava animado! O ponto fraco deles para mim foi a comida. Tanto o café da manhã quanto o almoço tinham pouquíssimas opções, que estavam frias e não muito gostosas! O café da manhã tinha apenas um pão com queijo e água quente para fazer chá ou chocolate quente (não tinha opção de leite), e o almoço, apesar de ter mais opções estava super gelado.

Passeios: Como eu disse, são diversos passeios possíveis de serem feitos no Atacama. Eu vou colocar aqui minha sugestão de roteiro (que AMEI):


Vale de La Luna e Vale de La Muerte | 2.400m de altitude

Esse é um dos passeio mais tradicionais do Atacama. Tem duração de meio dia, (começa as 15h e termina as 19h30), com o pôr do sol mais incrível de todos (a Cordilheira e o céu se misturam nas cores mais incríveis que já vi na vida, juro!).


Ambos Vales estão localizados na Cordilheira de Sal, que a muuuitos anos atrás era um antigo lago que foi sendo levantado e verticalizado pelas movimentações terrestres, assim como aconteceu com a Cordilheira dos Andes. O lugar é cheio de esculturas naturais lindas. Foi lá que vimos algumas das mais lindas paisagens da viagem! O marrom do lugar faz parecer que estamos no planeta vermelho, Marte. E é daí que vem o nome Vale da Morte. Dizem que um padre belga, chamado Gustavo Le Paige visitou o lugar, e extasiado começou a gritar "Vale de MARTE, Vale de MARTE", e que pelo sotaque super forte, as pessoas entenderam como "Vale de la Muerte".

Em épocas de chuvas, o sal aflora e a cordilheira ganha uma nova cara completamente branquinha!


O passeio passa por 5 principais pontos: As três Marias, o Anfiteatro, A grande Duna, as Cavernas de Sal e o Mirante Ckari, terminando no imperdível pôr do sol.


Fizemos esse passeio com a 123 Andes, e custou 13 mil pesos ( ~R$65,00) + 3,4 mil pesos (~R$17,00) da entrada do parque.

A parte difícil para quem tem claustrofobia - passar pelas formações rochosas do Vale | Foto: Vanessa Doti

Vale de La Luna - Formações Rochosas | Foto: Vanessa Doti

Vista de tirar o fôlego. | Foto: Vanessa Doti

Vulcão Licancabur rosa do pôr do sol. | Foto: Vanessa Doti

Pôr do sol visto do Vale de La Luna. | Foto: Vanessa Doti



Lagunas Antiplânicas + Piedras Rojas | 4.500m de altitude

Na minha opinião, um dos passeios MAIS lindos e incríveis do Atacama! Esse é com certeza obrigatório. Fizemos esse tour com a agência Ayllu, pois era o que pelas nossas pesquisas mais tínhamos gostado e não queríamos nos decepcionar! E valeu super a pena! O passeio começa às 5h30 da manhã (prepare-se para o frio!) e termina as 14h30.


Para chegar na primeira parada são aproximadamente 2 horas de carro. Nesse trajeto já é possível ver a diferença de paisagem do Atacama. Saímos bem cedo do nosso hotel às 5h30 da manhã com o guia David, que além de ser um guia super preparado e solicito, foi também um excelente fotógrafo!